Nossa História

1983 Redenção de Viena

O ano é 1683, e nossa história começa com o conto da épica redenção de Viena na Áustria, que levou ao ínicio da cultura de café na cidade e na Europa. Vienna estava sitiada pelo exército turco, que no final do século XVII varreu grande parte da Europa Oriental e Central. Sitiados e desesperados os vienenses precisavam de um emissário que pudesse atravessar as linhas turcas e enviar uma mensagem para as tropas polonesas que estavam próximas. Franz George Kolshitsky, nobre polonês que havia vivido no mundo árabe e falava turco assumiu a perigosa tarefa. Disfarçado com uniforme do inimigo, ele saiu da cidade de noite e cruzou as linhas do rival cantando músicas otomanas. Após contactar as tropas polonesas, ele conseguiu retornar à cidade com a notícia do eminente resgate polonês. Isto fez com que o exército austríaco tivesse sua moral elevada e  com que a cidade suportasse o cerco com maior tenacidade até a sua libertação.

Em treze de setembro de 1683, as tropas turcas foram repelidas, deixando tudo o que tinham para trás, incluindo estranhas sacolas com grãos, que inicialmente acreditaram ser comida para camelo. Kolshitsky sabia que aquelas eram sacas de café. Utilizando o dinheiro concedido por sua heróica missão, comprou os grãos e abriu o que seria a primeira cafeteria da Europa Central e o embrião da grande cultura de cafés na cidade.

Inspirados por esta épica história, o Café Redentore é criado, buscando prover o mercado de cafés, com produtos de qualidade e técnicas de preparos reconhecidas. Acreditamos que o café especial e sua apropriada extração são libertadores. Principalmente por agregarem valor a toda a cadeia, de forma sustentável e justa.